terça-feira, 15 de novembro de 2016

"O meu coracão sofredor, descanso seguro encontrou"



"Nos astros esparsos no céu, da lua no brando clarão...
(foto da super lua, de minha amiga Maria Elena Pinho, praia do Laranjal, em Pelotas-RS)



Nascida em 1888 em Chicago, Mary Servoss como jovem teve sua  aparicão no teatro, na Broadway, em NY, Chicago e, em 1925, em Londres. Trabalhou também no cinema até 1949.

Ainda que brilhando em palcos e telas, tem-se dito que Mary viveu 18 anos cuidando de sua avó inválida, além de cuidar de sua mãe e de seu pai, até que morressem.

Costuma-se dizer que Fanny Crosby teve Mary Servoss como sua inspiracão para escrever muitos dos seus hinos, que totalizaram 8.000.

Mary, por sua vez escreveu seus poemas que tanto inspiraram a cega Fanny Crosby através do tempo em que cuidou de sua avó e de seus pais.

O hino em questão foi influência do Salmo 32:11.

Mary Servoss faleceu com 80 anos, na Califórnia em 1968.

___________________________

O original em inglês:


1.
Be glad in the Lord and rejoice,
All ye that are upright in heart;
And ye that have made him your choice,
Bid sadness and sorrow depart.

Chorus
Rejoice, rejoice! Be glad in the Lord and rejoice!

2.
What though in the conflict for right
Your enemies almost prevail,
God's armies, just hid from your sight,
Are more than the foes which assail.

3.
Though darkness surround you by day,
Your sky by the night be o'ercast,
Let nothing your spirit dismay,
But trust till the danger is past.

4.
Be glad in the Lord and rejoice,
His praises proclaiming in song;
Acclaim him with trumpet and voice,
The loud hallelujahs prolong.

Mary Elizabeth Servoss (b 1849)

___________________________________

Do YouTube:


https://www.youtube.com/watch?v=SGldbeF-MGg



https://www.youtube.com/watch?v=9md10LWUcLs


___________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário